6 fontes vegetais de Proteínas para substituir a carne

6 fontes vegetais de Proteínas para substituir a carne

Compartilhar

Muitas pessoas pensam em seguir uma dieta vegetariana, ou apenas reduzir o consumo de carnes, mas se preocupam em como equilibrar a falta de proteína no organismo. Entretanto, para a felicidade dos vegetarianos e veganos, ou apenas daqueles que querem levar uma vida mais leve, saudável e livre de crueldade animal, alguns vegetais são riquíssimos em proteínas e podem facilmente substituir a carne, frango ou porco na sua alimentação.

A escolha de deixar ou reduzir o consumo de carne animal é estritamente pessoal e estudos apontam que o estilo de vida vegetariano, senão feito de maneira correta, pode ter consequências piores para a saúde do que continuar a consumir carne. Muitas pessoas adotam o vegetarianismo apenas parando de consumir a carne, sem se preocupar em obter as proteínas de outras formas ou ainda o consumo de suplementos para equilibrar os níveis de vitaminas e minerais que deixam de ser consumidos junto com a carne.

Outra preocupação é a escassez de comida no futuro, principalmente a animal, uma vez que a maioria dos tipos de criação de animais para o abate requerer grandes áreas, pastagem, consumo exagerado de agua e causa grandes emissões de gases do efeito estufa no meio ambiente. Atualmente a pecuária e considerada uma verdadeira ameaça ao planeta e, com uma futura escassez de alimentos, temos que nos preparar desde já a consumir menos ou até não consumir alimentos de origem animal.

Se você deseja seguir neste estilo de vida, os 06 vegetais abaixo são indispensáveis para uma dieta vegetariana saudável, com ingestão correta de proteínas e nutrientes.

  1. Sementes de girassol (100 gramas = 20 gramas proteína)

Disparadas a melhor fonte de proteína vegetal, as sementes de girassol torradas e levemente salgadas funcionam como um ótimo petisco ou lanche, para os momentos e que a compulsão alimentar ataca. Além de um snack gostoso, ela vai garantir a sua quantidade mínima diária de proteínas.

  1. Castanha de caju (100 gramas = 18,5 gramas proteína)

As nozes, castanhas e oleaginosas são ótimas para a nossa saúde por uma série de questões. A maioria delas é rica em antioxidante e são fonte das chamas “gorduras boas”. Mas, no quesito proteínas, a castanha de caju ganha em disparado. Ela ainda é rica em aminoácidos que ajudam a compor e recuperar os nossos músculos.

  1. Quinoa (100 gramas = 14 gramas proteína)

A quinoa é um dos poucos alimentos vegetais que contem a chamada proteína completa. A proteína da quinoa é de excelente qualidade nutricional e especialmente indicada para quem faz musculação e deseja crescer e desenvolver músculos. Além da ótima composição nutricional, a quinoa apresenta baixo índice glicêmico, sendo indicado para qualquer pessoa, mesmo os diabéticos ou aqueles que precisam controlar os níveis de açúcar no sangue.

  1. Ervilha (100 gramas = 10 gramas proteína)

Ervilhas são antigas conhecidas nossas e permitem uma variedade de pratos. Você pode inclui-las no seu dia a dia cozidas ao vapor, como um creme, purê ou sopa. Além do sabor diferenciado, elas são excelentes acompanhamentos para qualquer prato.

  1. Lentilhas (100 gramas = 10 gramas proteína)

Outra opção para cortar carnes animais da sua dieta é consumir lentilhas. Você pode trocar o tradicional arroz com feijão por um delicioso prato árabe, o arroz com lentilhas. Além de variar um pouco o sabor, as lentilhas são uma ótima fonte de proteínas vegetais.

  1. Brócolis (100 gramas = 4 gramas proteína)

Com uma grande quantidade de antioxidantes, os brócolis e excelente para combater os radicais livres que causam o envelhecimento das células do nosso corpo. Ele ainda tem forte ação anticancerígena. Além do sabor diferenciado, os brócolis é uma ótima fonte de proteínas vegetais e também permite uma variedade de usos e pratos diferenciados.