Aprenda como fazer uma deliciosa salada no pote que dura até 7...

Aprenda como fazer uma deliciosa salada no pote que dura até 7 dias

Compartilhar

Não é nenhum segredo que a salada é um alimento fundamental para a nossa saúde. Ela é uma excelente fonte os nutrientes e vitaminas essenciais para o bom funcionamento do nosso organismo. Se engana quem acha que a salada, por ter baixa quantidade de calorias somente deve ser consumida por aqueles que desejam perder peso.

Um prato saudável deve sempre incluir uma fonte de proteína magra, grãos integrais e uma salada a tiracolo. Entretanto, muitas pessoas, principalmente aqueles que se alimentam fora de casa e levam marmita para o trabalho, tem muita dificuldade de incluir a salada no seu dia a dia. A grande reclamação é sempre a da duração das folhas, que depois de alguns dias na geladeira já ficam murchas e secas.

Outra dificuldade é a falta de tempo de preparar a salada todo dia, além da forma de acondiciona-la para o transporte. Diferente de muitos alimentos, não é recomendável congelar a salada, especialmente as folhas verdes. Elas acabam perdendo os seus nutrientes e a consistência de fresca.

Se você já viu pela internet a fora a ideia de saladas a ponte e se interessou muito, vamos explicar o essencial para montar a sua salada no potinho. Não basta apenas colocar os alimentos num vidro e pronto. Há toda uma ciência por trás da preparação da salada de pote perfeita. Para nos ajudar nessa tarefa teremos o auxílio da nutricionista e chef Carina Müller.

Dicas para preparar a salada no pote

A grande vantagem da preparação da salada no pote está na praticidade e durabilidade. É possível fazer a salada no pote para a semana toda, caso o pote escolhido seja hermético. Ele faz com que as folhas durem muito mais tempo. Outra vantagem é a reutilização do vidro, que acaba por ser uma ótima alternativa ecologicamente correta. Para outros, a facilidade na hora de comer a salada no pote, com o molho por baixo é um diferencial

“E na hora de comer é muito prático, pois basta chacoalhar o vidro e temperar tudo por igual”, explica a nutricionista.

Ordem de montagem

O grande segredo da salada no pote está, sem dúvida, na ordem em que os alimentos são colocados. O ideal é começar colocando os itens mais pesados e duros embaixo, enquanto as folhas e ervas ficam no topo. Por exemplo, molho, legumes duros e grãos vão embaixo, enquanto as folhas de alface ou rúcula ficam no topo. Outra dica para aumentar a duração da salada no pote é não temperar com azeite ou vinagre antes, fazendo-o apenas na hora da ingestão para não oxidar as folhas.

Higienização

A utilização de vidros usados é uma ótima solução para não produzir lixo e reaproveitar estes potes, até então sem uso. Entretanto, é essencial higienizar o pote muito bem antes do uso. Lave o vidro e depois faça uma mistura de agua quente e bicarbonato de sódio para eliminar possíveis bactérias. Outra preocupação é a higienização dos alimentos em si, sempre com uma solução de hipoclorito de sódio e agua. Já os grãos devem ficar de molho por no mínimo 04 horas antes do cozimento.

O que colocar na salada

Deixa a sua criatividade rolar solta na hora de criar as saladas no pote. Algumas opções são investir em legumes cozidos ou crus, como a cenoura e a beterraba, frutas como romã, laranja ou manga. Se você curte grãos, experimente adicionar amaranto, quinoa, cevada ou o trigo de quibe. Já para as leguminosas, as opções mais saudáveis são a lentilha, ervilha ou o grão de bico.