Como esquecer um amor não correspondido

Como esquecer um amor não correspondido

Compartilhar

Relacionamentos amorosos por mais maravilhosos que sejam, nem sempre seguem pelo caminho que queremos. Nem tudo é perfeito e muitas vezes o amor não é correspondido, aquele crush que não te quis, o seu companheiro perdeu o amor por você ou até você descobriu que ele não é a pessoa que parecia ser.

Os motivos para o amor ter acabado são inúmeros e não nos cabe citar o que faz a paixão, o amor acabarem. Cada pessoa é única, com uma história, uma cultura e uma cabeça diferente, então o que para um é amor e continua sendo, para o outro não.

O início de um relacionamento é sempre um mar de rosas, tudo lindo e maravilhoso. Mas, o tempo é cruel e ele pode provar que aquele amor todo, ou aquele relacionamento não era o que esperávamos.

O grande erro, e que gera uma série de magoas, são as expectativas que criamos. Muitas vezes as mulheres se iludem e passam a enxergar um amor e uma relação de algo que nunca foi a intenção do homem. Entretanto, vários outros são os casos em que sim, a pessoa deu uma carga de promessas e esperanças (sempre com atitudes) que levam a pessoa a criar expectativas.

 “Existem homens que passam pela nossa vida e, da mesma forma como surgem, desaparecem sem causar muito impacto e nem fazer sequer alguma diferença. Por outro lado, há homens específicos que mexem conosco de tal maneira, que passamos a nos desconhecer diante de nossas próprias atitudes e emoções despertadas neste encontro para lá de avassalador”, comenta Pâmela Magalhães, psicóloga especialista em relacionamentos.

Independentemente de quem seja a culpa, do que criou expectativas atoa ou daquele que iludiu, amores vão e vem com uma facilidade incrível. Os romances, mesmo os avassaladores acabam e precisamos seguir em frente com a vida. Se você está passando por um destes momentos difíceis, primeiro: muita forca! Vamos dar alguns conselhos para te ajudar a superar este momento difícil.

Aceite que o fim chegou

Sim, é triste aceitar que aquele amor chegou ao fim. Mas, de nada adianta se agarrar a esperanças infundadas que irão causar mais dano ainda, tomando um tempo precioso da sua vida. Não se deixe convencer por desculpas que você mesma criou, de que foi iludida ou de que ele não te merecia.

Se afaste

Neste momento inicial evite toda e qualquer forma de contato. Delete os contatos, mensagens, redes sociais e afins que você tenha com ele. Bloqueie, de preferência, para não sucumbir à tentação de stalkear a pessoa. Entre em contato apenas em caso de extrema necessidade. O mesmo vale para pessoas que vocês conheceram juntos, ou os amigos e familiares dele. Mesmo que um laco de afeto tenha se formado, neste início de termino, tente não estar com pessoas que vão te lembrar dele.

Um amor não apaga o outro

Por mais que o ditado popular diz que “Um amor se cura com o outro” correr para os braços de outro neste momento não é uma boa ideia. Você está fragilizada então dificilmente respeitará os próprios sentimentos. Isso é diferente de um amor que pode acontecer, repentinamente, se permita. Entretanto, não procure loucamente preencher o vazio com uma nova pessoa.

Curta a fossa

Sim! Por mais que seja péssimo estar na fossa, no fundo do poço afetivo, se permita esse sentimento. Chore o tanto que tiver de chorar, demonstre as suas tristezas e frustrações. Tenha um tempo para manter o luto pelo fim do amor. Querer pular etapas e mostrar para ele e para o mundo que você este bem e superado é uma negação da sua condição. Se permita o momento de fosse, de se sentir triste.

Seja mais você

Aproveite o momento para se reinventar, para ser egoísta e pensar em você mesmo. Tire aqueles projetos a muito impertérritos. Retome amizades que você perdeu o contato. Tente novos programas, filmes, novos restaurantes. Compre roupas novas, saia para lugares diferentes e exercite a auto estima!