Como perder peso com saúde?

Como perder peso com saúde?

Compartilhar
perder-peso-saude

Perder peso é algo desejável para muitas pessoas, já há muitos anos. Os padrões estéticos, desde a divisora de águas Twiggy, foram ficando cada vez mais magros. Ao mesmo tempo, a indústria de alimentos processados cresceu tanto, em escala global, que as maiores preocupações de saúde pública em muitos países são a obesidade, obesidade infantil e diabetes tipo II. Então, seja por razões estéticas ou de saúde, o mundo está querendo emagrecer.

Essa necessidade de emagrecer muitas vezes leva as pessoas a dietas inadequadas, radicais, ou mesmo a distúrbios alimentares. Muitos desses métodos simplesmente não funcionam: comumente todo o peso perdido é recuperado em pouquíssimo tempo; o peso desejado não é perdido; ou ocorre o emagrecimento, mas de forma não saudável que pode, a longo prazo, acarretar problemas mais sérios.

Uma das melhores formas de se perder peso com saúde é, primeiramente, entender seu próprio corpo. Um peso saudável vai ser diferente, em quilogramas e em aparência, para cada um. Para certos biotipos, um peso saudável terá a aparência mais esbelta, enquanto em outros o ideal é mais rechonchudo. Devemos antes de tudo entender que ideais físicos são geralmente inatingíveis. Para quem não tem um biotipo naturalmente magro, ficar com o físico de uma modelo significaria uma série de doenças por desnutrição e muitas vezes psiquiátricas. Consciência corporal é essencial.

Tendo em mente como seu corpo funciona, é fundamental encontrar uma prática de exercício físico que você goste. Não procure o que mais emagrece ou mais dá músculo – busque o que mais te dá prazer . Assim é mais provável que você não abandone a prática, que consiga manter a rotina, seguindo-a com gosto.

Com consciência corporal e uma prática física regular e prazerosa, seguimos para a alimentação. Não pense em calorias, não olhe a tabela nutricional de todos os produtos. Preocupe-se com seus hábitos alimentares. Quais alimentos não te caem bem? Quais causam adversidades ou desconforto no corpo? Considere evitá-los.

Em seguida, avalie seu consumo de alimentos processados. Mesmo os alimentos com baixas calorias, como refrigerantes zero, são um grande inimigo do emagrecimento. Pense nesses produtos processados e cheios de conservantes, químicas e sódio, não como alimentos – mas sim como produtos comestíveis. Compare-os com papel comestível, sangue falso cinematográfico, etc – o corpo digere sem ser agredido, mas você não os come, deliberadamente, como lanches ou refeições, não é?

O ideal é que se consulte um profissional da área, nutrólogo ou nutricionista, para avaliar e te auxiliar neste processo. Mas você já pode começar por si só: evite comer alimentos industrializados; cuidado com doces, que além de não saudáveis são altamente viciantes; pratique um exercício físico pelo menos 2 vezes por semana; coma alimentos frescos; modere o consumo de gorduras saturadas e carboidratos simples e refinados; coma muitas frutas e verduras; beba muita água diariamente.