Conheça o microagulhamento, a nova técnica para uma pele bonita e saudável

Conheça o microagulhamento, a nova técnica para uma pele bonita e saudável

Compartilhar

O microagulhamento é a nova tendência e técnica nos consultórios e clinicas para ter uma pele bonita e renovada. Com o auxílio de agulhas muito finas, ela cria pequenos furos na pele para estimula o colágeno da pele e atenua sinais de envelhecimento. Para esta técnica é utilizado o Dermaroller, um aparelhinho simples que possui cerca de 200 agulhas com tamanhos variados.

O microagulhamento ou a indução percutânea de colágeno (IPCA) tem atraído muito a atenção das pessoas que apostam em tratamentos clínicos ou estéticos para cuidar da beleza da pele, pois pode tratar diversos aspectos da pele, especialmente facial. Juliana Jordão, médica pós-graduada em Dermatologia, explica que o tratamento é realizado através de dispositivos compostos por pequenas agulhas que causam micro perfurações na pele.

“Estas micro perfurações são responsáveis pela indução de um processo inflamatório no local, capaz de estimular os fibroblastos, que são células responsáveis pela produção de colágeno local”,

“Além disso, através das pequenas perfurações causadas, é possível a redução da pigmentação de manchas, especialmente do melasma. Estudos recentes mostram melhora considerável em manchas de melasma resistentes a outros tratamentos”

Quem pode fazer o microagulhamento 

O principal objetivo do microagulhamento é a indução percutânea da produção de colágeno, a angiogenese (criação de vasos sanguíneos novos) e um aumento da vasodilatação, fazendo com que haja uma melhora de oxigenação e nutrição nos tecidos da pele e do rosto. Ele pode ser usado em diversas técnicas com diversos fins:

  • Redução do melasma
  • Minimiza a aparência de cicatriz de acne;
  • Ameniza rugas e linhas finas;
  • Melhora nas estrias;
  • Melhora de poros dilatados textura geral da pele;
  • Redução de cicatrizes traumáticas e/ou cirúrgicas.
  • Tratamento de calvície;
  • Melhora a flacidez na pele.

O microagulhamento não é apenas para o rosto. Ele pode ser utilizado no corpo para tratar estrias, celulite e flacidez, ou ainda no couro cabeludo para estimular a circulação sanguínea da região para proporcionar o aparecimento de novos fios, entre os que sofrem de alopecia.