Conheça a técnica de Fernanda Souza para evitar o suor excessivo

Conheça a técnica de Fernanda Souza para evitar o suor excessivo

Compartilhar

O suor é um dos mecanismos do corpo para regular a temperatura e eliminar toxinas. Por isso, sempre que está muito quente ou quando praticamos exercícios, acabamos ficando muito suados.

Apesar de ser algo natural, muitas pessoas ficam constrangidas com o suor. Sem contar que muitos ainda tem uma produção excessiva de suor, o quadro medico chamado de hiperidrose. O suor em excesso acaba sendo produzido por todo o corpo, desde axilas até pés e mãos, causando muito constrangimento para quem sofre desse problema.

Em uma recente entrevista para o canal do YouTube de Rafael Cortez, a atriz Fernanda Souza falou do problema. O humorista ainda brincou dizendo que “A sua pizza é muito pequenininha, a sua é brotinho, a minha é tamanho família”. A atriz revelou que uma das táticas para acabar com o suor excessivo foi o tratamento com botox. No caso de Fernandinha, como o seu suor era “normal” ela acabou desistindo do tratamento, mas curtiu os resultados.

Botox nas axilas: como é feito?

O procedimento de aplicação do botox na região das axilas é bastante simples, mas deve ser sempre realizado por um médico dermatologista ou especialista no seu consultório. A finalidade do botox é paralisar os nervos ou músculos, por isso é muito utilizado para amenizar rugas e linhas de expressão.

O botox, ou nome clinico toxina botulínica, para tratar a hiperidrose nas axilas, acaba desligando o nervo na região responsável pela produção do suor. Ou seja, o botox, desliga o mecanismo do corpo que produz o suor. Entretanto, como alertado pelo dermatologista Alberto Cordeiro, o efeito do botox nas axilas é passageiro. Em real, a recomendação medica para sudorese média e é de uma nova aplicação a cada 6 meses.

O procedimento doi?

Essa pergunta e muito constante por qualquer um que deseje passar por injeções de botox, em qualquer parte do corpo que seja. Vale lembrar que, por ser um procedimento invasivo, é virtualmente impossível que não haja dor nenhuma.

Entretanto, as agulhas usadas para a plicacao do botox são superfinas e a aplicação da subsancia é subcutânea, ficano na camada superior da pele. Muitos pacientes relatam mais uma sensação de desconforto, de pinicar leve do que for em si.

Por ser invasivo, é comum que o paciente tenha sangramentos, inchaços ou hematomas na região nos dias seguintes. Estes sintomas desaparecem em média de 5-7 dias após o botox. Por conta de sensibilidade, outros pacientes relatam dor. Foi o caso da Fernanda Souza, que fez ela desistir do tratamento.

“Dói muito. São 93 agulhadas em cada axila. Chegou uma hora em que falei: ‘Ah, moça, deixa suar. Deixa suar que eu sou um ser humano’”, disse a apresentadora.