Descubra qual a franja que fica bem em qualquer um

Descubra qual a franja que fica bem em qualquer um

Compartilhar

Franja é sempre um assunto muito polêmico. Muitas amam, defendem e usam franja a anos. Já outras, acham que a franja acaba deixando o visual bastante infantilizado e evitam esse detalhe. A verdade é que a franja, se adequada ao formato do rosto e ao tipo do cabelo é capaz de mudar todo o look.

Nas últimas temporadas, a franja veio para ficar, nos mais variados modelos. Celebridades que também aderiram a essa moda ajudaram a propagar a beleza das franjas, desde Danielle Suzuki com a sua franja lisa e reta até Sabrina Sato com a sua versão Betty Page, super curta da franja.

Entretanto, para não estregar o look por completo e tornar a franja um detalhe indesejado, é ideal saber o modelo correto para o seu rosto.  Outras ditadura que já caiu é a obrigatoriedade de usar o cabelo liso para fazer franja. Com o movimento de aceitação dos fios naturais, franjas onduladas e cacheadas viraram hit e elas ficam simplesmente maravilhosas!

Opinião do Especialista

Celso Kamura é uma unanimidade no quesito cabelos. Beauty stilist das principais artistas e celebridades, o cabelereiro que adora as franjas defende que há um estilo universal: A franja cortininha, usada por Bridget Bardott.

“A franja que combina com todos os rostos é aquela que o centro é mais curto e os fios vão crescendo nas laterais, contornando o rosto”, disse. Segundo ele, com esse modelo, dá para usar a franja partida para um dos lados e transformar o estilo conforme a ocasião.

A franja cortinha é uma releitura da franja utilizada pelas panteras nos anos 70. Muitas celebridades já adotaram esse look, como Nathalia Dill, Mariana Ximenes e Alexa Chung. Para um ar mais moderno, a franja cortininha pode ser desfiada ou repicada, adicionando mais leveza ao rosto.

Outra vantagem desse tipo de franja é a baixa manutenção. Por não ficar diretamente acima dos olhos como a franja reta, você pode variar o tamanho da franja cortininha seja mais longa ou mais curta e reduzir as manutenções mensais do corte.