Dicas para lidar com sua pele após a menopausa

Dicas para lidar com sua pele após a menopausa

Compartilhar

A menopausa é um período que marca uma serie de transformações na vida de qualquer mulher. A baixa produção de hormônios como a progesterona e o estrogênio geram mudanças no corpo da mulher, entre elas em relação a pele. A pele se torna mais seca, sem viço e perde a elasticidade. É aí que surgem as rugas e flacidez.

Os quatro primeiros anos da menopausa é onde as mudanças na pele são mais pronunciadas, pois há uma perda de mais de 30% na produção de colágeno. Se você está passando por esse período, ou se está perto da menopausa e quer minimizar os efeitos na sua pele, vamos dar dicas práticas para reduzir os danos que a baixa de hormônios vai causar na sua pele.

Como resgatar a pele durante menopausa?

Assim como em relação a saúde, a melhor maneira de minimizar o impacto da menopausa na pele é prevenindo o envelhecimento precoce. Cuidar da pele desde os 20 anos de idade, adequando a rotina de hidratação e proteção solar as necessidades de cada idade. É o que diz a dermatologista Dra. Gabriella Albuquerue.

 “Às vezes, cuidados simples e fáceis podem ser inseridos na rotina e ajudar a reduzir as agressões externas na pele, além de aliviar as alterações do processo de envelhecimento”.

Dicas simples para evitar o envelhecimento precoce da pele

  1. É muito importante apostar na hidratação da pele.
  2. Aposte em dermocosméticos com propriedades antioxidante, que previnem os radicais livres e consequentemente o envelhecimento da pele.
  3. Os tratamentos estéticos como botox e preenchimentos com ácido hialuronico são ótimas opções para minimizar a aparência de rugas e linhas finas.

Vale lembrar que é essencial consultar um dermatologista, o profissional mais indicado para recomendar tratamentos e cosméticos para minimizar os efeitos do envelhecimento e da menopausa da pele.