Erros comuns na dieta Low-Carb

Erros comuns na dieta Low-Carb

Compartilhar

A dieta low-carb, com restrição do número de carboidratos a ser consumido por dia vem conquistando cada vez mais adeptos por ser bastante efetiva para perder uns quilos em pouco tempo. Mas, como toda dieta muito restritiva, é preciso tomar uma série de cuidados para não cair nas armadilhas e acabar sabotando a sua dieta.

A internet pode ser uma ótima ferramenta para receitas, dicas e material extra sobre a efetividade das dietas com poucos carboidratos (low-carb, paleo ou cetogenica), mas nada vai substituir o aconselhamento com um profissional capacitado. Esta dieta não e indicada para todos. Pessoas com alergia a alguns alimentos, com doenças crônicas como diabetes ou auto imunes devem ter indicação profissional antes do início de qualquer dieta nova. E o mesmo vale para a low-carb.

Feitos os devidos avisos e se você realmente quer adotar esse novo estilo de vida, quer seja com objetivo de ser mais saudável, quer para perder uns quilos, cuidado para não cometer os erros abaixo que vão comprometer a sua dieta e a sua saúde.

Cortar completamente os carboidratos

Os carboidratos são parte do “combustível” que o nosso corpo necessita para funcionar bem. Na falta desse macronutriente, o corpo desacelera para não consumir todas as reservar. O resultado é um sentimento constante de cansaço físico e mental, você se sente lento e com maior tendência a irritabilidade.

Outra questão é que dietas muito radicais causam uma vontade descontrolada por consumir em excesso aquele alimento restrito, na primeira oportunidade possível. Se antes você comia apenas 1 pão no jantar, num momento de crise da low-carb, você vai facilmente consumir 2-3 pães, o que vai estragar por completo dias de dieta.

Não comer os carboidratos certos

Nem todos os carboidratos são iguais: existem os simples e os complexos. Os primeiros são absorvidos rapidamente pelo organismo e estão presentes, por exemplo, no pão branco, em biscoitos e em bebidas açucaradas. Já os complexos – mais indicados para quem deseja emagrecer – estão nos alimentos integrais e em vegetais como a batata-doce e a mandioca e são digeridos mais devagar por conterem fibras O resultado disso é uma sensacao bem maior de saciedade.

 

Não controlar as porções

Não quer dizer que se um alimento tem um teor de carboidratos baixos, ele tem poucas calorias. Maneirar no macarrão, pão e batata não te permitem exagerar no consumo de outros alimentos liberados na dieta, como carnes e bacon. Mesmo alimentos saudáveis, com baixas calorias devem ser consumidos de maneira moderada. Carnes, peixes e frutas em quantidade grande podem sim sabotar a sua dieta. Uma boa fica para controlar os tamanhos das porções é diminuir o tamanho físico dos pratos, copos e travessas.

Com um prato fundo ou muito largo em diâmetro, a tendência é colocar mais e mais comida, até encher o prato. O mesmo vale para um copo de 500ml de suco. Troque-os por pratos rasos e menores e por copos com menor capacidade. Você provavelmente já se sentirá satisfeito com essa porção menor, sem risco de comprometer o emagrecimento.