Fique atenta e esses três sinais do seu corpo no final da...

Fique atenta e esses três sinais do seu corpo no final da gestação

Compartilhar

A gravidez é algo realmente lindo, fantástico. É acompanhar a perfeição da natureza, em seus mínimos detalhes, preparando o corpo da mãe para receber o bebe, que cresce num ambiente seguro e cercado de carinho. O parto é um momento ao mesmo tempo sublime e assustador para grande parte das mães.

Muitas gravidas ficam em trabalho de parto por horas ou até dias. O grande responsável por todo o fenômeno do parto são os hormônios gerados pelo corpo da mãe para receber o bebe, traze-lo ao mundo. É o que afirmam os pesquisadores da Universidade de Yale, que estudaram os momentos finais da gestação, onde o corpo da mãe dá sinais indispensáveis da vinda do bebe.

1 – Pré-parto

Nessa primeira fase as mamães têm contrações desordenadas e irregulares, com intensidade leve a moderada. Em geral as contrações têm um espaço de 10 a 20 minutos. A dilatação varia de cada mulher. Aquelas que já foram mães geralmente tem uma dilatação maior, enquanto outras não tem alteração no colo do útero.

A partir do momento em o bebê encaixa na pélvis da mulher para nascer, os sintomas do parto podem aparecer de repente e ser até facilmente confundidos com outros desconfortos que afetam a saúde, como diarreia, azia e mesmo um sintoma bem comum no final da gravidez e também durante o trabalho de parto, que são as fortes dores na lombar.

Nesse momento, as mamães já podem sentir a barriga bem mais dura que o normal, com ou sem dor. A principal característica dessa fase de pre parto são exatamente as contrações, que indicam que o trabalho de parto está prestes a começar, porem pode levar horas e até dias.

2 – Fase Latente

Nessa fase as contrações ficam mais intensas e com intervalo mais curto, variando entre 5 e 10 minutos. Avalie se a cada contração elas ficam mais intensas e mais rápidas. Se o intervalo for a cada 10 minutos, o ideal é ir direto para o hospital procurar ajuda medica. Essa fase latente dura, em média de 2 a 6 horas, podendo variar de gestante a gestante.

3 – Fase de transição

Agora as contrações estão bem mais fortes e voltam a ficar desordenadas. Entretanto, o intervalo é bem mais curto do que nas fases anteriores, variando de 2 a 3 minutos. A pressão no canal vaginal é tão forte que a mãe tem vontade de fazer forca. Neste momento o canal vaginal e o anal ficam próximos e paralelos um ao outro, então é perfeitamente normal (não precisa de envergonhar!) Se a vontade de fazer coco surgir.

Assim que a dilatação atinge o seu máximo, há o nascimento do bebe na fase de expulsão. As contrações se tornam o mais forte possível e duram mais tempo. Os intervalos, entretanto, ficam mais espaçados, em geral de 5 em 5 minutos, para que a mãe e o bebe recuperem a energia.