Lábios rachados podem indicar desidratação, falta de nutrientes e mais

Lábios rachados podem indicar desidratação, falta de nutrientes e mais

Compartilhar

Com a chegada dos dias frios, com muito vento e pouca umidade, os lábios são os primeiros a sofrerem. No verão, com o excesso de exposição ao sol, a alta humidade que provocará perda de hidratação pelo corpo e pele, os lábios, mais uma vez, sofrem.

Qualquer que seja o clima, a secura resulta em lábios desidratados, com aquele aspecto de rachadura e sempre descascando. Além de não ser estaticamente agradável, essas rachaduras nos lábios provocam dor e até sangramento. Além disso, o simples uso de um batom em cima de lábios rachados já é suficiente para um resultado desastroso.

Apesar de muitas pessoas atribuírem apenas fatores climáticos, como frio ou excesso de calor e sol a descamação dos lábios, você sabe que outros motivos podem causar esse quadro, além do clima?

O que pode causar rachadura nos lábios?

 Anemia e falta de vitaminas

Rachaduras nos lábios podem não ser simples resultados de um clima frio, mas sim indicar problemas relacionados a uma dieta pobre em zinco e niacina. O mineral e a vitamina do complexo B podem ser encontrados em alimentos como frango, fígado e peixes, além de grão-de-bico, sementes de abóbora, amendoim e cogumelos.

Alergia a cosméticos

Algumas substancias de produtos cosméticos ou de higiene podem causar alergia nos lábios. É o caso de batons, lip balms, hidratante labiais, creme dental, flúor, ou ainda alguns alimentos e bebidas. No caso de alergia, quando cessada a exposição ao agente responsável pela alergia, geralmente o quadro de desidratação e rachaduras nos lábios acaba, porém, se persistente, uma medicação ou pomada pode ser prescrita por um médico.

Efeito colateral de tratamentos

O uso de alguns medicamentos tem como efeito colateral o ressecamento da boca, como a isotretinoína, mais conhecida pelo nome de Roacutan. Esse tratamento para acne acaba por retirar a hidratação e oleosidade da pele, agravando o quadro de desidratação dos lábios. Outros tratamentos como quimioterapia e exposição a corticoides nasais e orais podem complicar esse quadro.

Maus hábitos e vícios

Alguns vícios de comportamento, como a compulsão por lamber os lábios, mantendo-os sempre úmidos e expostos aos germes da boca é um dos grandes ressecadores dos lábios. Até a má higiene oral e uso de dentaduras mal adaptadas podem causar a desidratação. Outro fator determinante é o fumo.

Diabetes

O excesso de glicose no sangue devido ao diabetes pode causar dor, infecção e outros problemas na boca que levam à secura. A glicose presente na saliva, que é o líquido que mantém a boca úmida, quando o diabetes não tem a glicose controlada, acaba ajudando a gerar germes nocivos que desequilibram a boca.