Lições importantes que somente aprendemos após ter o coração partido

Lições importantes que somente aprendemos após ter o coração partido

Compartilhar

Amar e ser amado é uma delícia. Todo mundo quer um amor para chamar de seu, mesmo que não esteja nos moldes e padrões do relacionamento clássico. A maioria das mulheres tem a ideia de um parceiro para o futuro, para casar e constituir uma família (com ou sem filhos) como um sinônimo de sucesso na vida afetiva.

Entretanto, sabemos que o caminho até esse relacionamento ideal e estável passa por muitos outros pequenos relacionamentos, que acabam não tendo êxito. Claro que ninguém começa um relacionamento achando que vai dar errado, ou que vai durar por um determinado tempo. É na hora que o relacionamento acaba, que o coração é partido que levamos ensinamentos preciosos para a vida amorosa.

Nem opostos, nem afins demais

Aquela história de que os opostos se atraem e os iguais se repelem é muita mentira. Outras pessoas acreditam que se a pessoa tem muitas coisas em comuns, gostos e afinidades ela é o amor da sua vida. Entretanto, para que uma relação seja duradoura, é preciso muito mais sentimento do que afinidades.

Devagar e sempre

É supernormal ficar bastante animado e excitado no início de um relacionamento, e acabar interpretando errado determinados sinais. Tendemos a exagerar as coisas, dando uma proporção muito maior a eles. Nesse momento, que a cegueira do amor acaba por tirar a nossa visão clara da situação, vale aceitar o conselho de amigos e familiares (principalmente da sua mãe). Eles te conhecem bem o suficiente para saber se o sentimento é genuíno ou se é mais empolgação com o início de um relacionamento.

Não aumente as coisas

Não distorça o tamanho dos sentimentos, das demonstrações, de carinho atitudes e emoções. Você corre um grande risco de se decepcionar, causar mal-entendidos, expor as pessoas (inclusive, a si mesmo) ao ridículo. É impossível mensurar sentimentos e exigir que as pessoas se comparem a você. Ninguém tem culpa por amar menos ou amar mais.

Tente não criar expectativas

Apesar de parecer fácil na teoria, na pratica é bem difícil criar expectativas. Acabamos achando que encontramos a alma gêmea (que infelizmente não existe) e que a sua vida, daqui para a frente depende unicamente daquela pessoa. Apesar de difícil, tente não criar expectativas para não sofrer e se frustrar caso algo não sai como você deseja, caso o príncipe vire um sapo.

Todos os relacionamentos são validos

Por mais que os relacionamentos antigos sejam encarados como fracassos, todos eles te ensinaram alguma coisa. Pare para pensar e faca a retrospectiva. Talvez aquele namorado ciumento e controlador que você teve na adolescência serviu para te mostrar que você não precisa se submeter a capricho de ninguém. Os términos de relacionamento apesar de serem um momento de muita dor, geralmente são acompanhados de longos momentos de reflexão e autoconhecimento.