Porque a centella asiática será a sua próxima aliada na saúde e...

Porque a centella asiática será a sua próxima aliada na saúde e beleza

Compartilhar

A centelha asiática é uma erva encontrada em regiões do sul da Ásia e na Oceania, que vem sendo utilizada a mais de 2000 anos na tradicional medicina oriental. Ela ajuda a perda de medidas e ainda melhora o aspecto da celulite, além de ter uma serie de benefícios para a saúde.

Se você fiou curiosa de como essa plantinha pode te deixar mais bonita e saudável, separamos os principais benefícios dela, de acordo a Regina Moraes Teixeira, especialista em nutrição funcional e fitoterapia. O princípio ativo contido na erva ajuda na vascularização e também no fortalecimento das veias, ajudando na prevenção e no alívio de varizes e hemorroidas, além de fortalecer o sistema imunológico.

Ela também é ótima para combater os sintomas da ansiedade, por melhorar as funções cerebrais. Ela e especialmente indicada para quem está ou está entrando na terceira idade, por melhorar de forma considerável o funcionamento cerebral, de forma simples e totalmente natural.

Uso cosmético

A centelha asiática aumenta a produção de colágeno no nosso corpo. Esta é a substancia essencial para manter a pele sempre jovem, além de cuidar da nutrição dos cabelos e unhas.  O Dr. Carlos Eduardo Fonseca Parenti, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) aponta muitos outros benefícios estéticos da planta.

“Os seus princípios ativos (triterpenos pentacíclicos, ácido asiático e asaticosídeo, entre outros), que auxiliam no “tratamento de cicatrizes em geral, queimaduras, celulites e estrias, psoríase e esclerodermia (doença autoimune do tecido conjuntivo) e foto envelhecimento”.

 

Se você deseja amenizar marcas e sinais na pele, além de manter a pele mais jovem, a centelha asiática vai ser ótima para você.  O Dr. Parenti fiz que, “há uma estimulação da produção de colágeno devido a um estímulo dos fibroblastos”. O colágeno além de melhorar a aparência da pele de uma maneira geral, ela melhora o tônus muscular, reduz a flacidez e melhor a hidratação da pele, que se tornará mais macia e firme.

Como consumir

Você pode encontrar a centelha asiática em diversas apresentações: gel, pomada, creme, spray e capsulas. Por uma questão de praticidade de consumo, é mais fácil encontra-la na versão em capsulas. O consumo ideal é de 20mg a 60mg, 3 doses por dia, tomando cuidado sempre para não ultrapassar a ingestão máxima de 600mg diárias. Caso a ingestão seja maior, poderá causar toxicidade no organismo e prejudicar o fígado e o sistema nervoso.

Efeitos colaterais

Apesar de ser uma planta e consequentemente, natural, o uso exagerado da centelha asiática pode causar alguns efeitos colaterais. Entretanto, estas reações são raras e somente observadas se ingerido quantidade maior que os 600mg diários.

O Dr. Parenti relaciona o seu uso a casos de icterícia, acúmulo de bilirrubina, deixando a pele e olhos amarelos. Algumas pessoas podem sofrer de náuseas e dores de cabeça leve se consumido a centelha asiática em exagero.

Contraindicações

Antes de começar a tomar qualquer remédio ou suplemento, o ideal é sempre consultar o seu médico para saber possíveis contraindicações. Mulheres gravidas ou lactantes não pode fazer uso da centelha asiática enquanto durar esta condição.

Pessoas com doenças hepáticas, úlceras, gastrites e problemas renais também devem evitar o consumo da substância, pois podem sobrecarregar esses órgãos e piorar a condição já existente. Entretanto, lembre-se sempre de consultar o profissional especializado para indicação da melhor forma e qual quantidade da centelha asiática para ser consumida por dia.