Saiba diferenciar a dor nas costas da dor do nervo ciático

Saiba diferenciar a dor nas costas da dor do nervo ciático

Compartilhar

Muitas pessoas têm queixas de dores no corpo, sejam de natureza muscular ou óssea. A dor nas costas é, disparado, a principal delas. Seja na lombar ou na cervical, essa dor é uma verdadeira constante na vida de muitas pessoas. Com ela, até as pequenas atividades como sentar numa cadeira por muito tempo ou simplesmente caminhar se tornam um martírio.

Entretanto, muitas pessoas não sabem diferenciar uma dor da outra e acabam se automedicando, erradamente, para a dor que não tem. Muitos ainda dizem sofrer de dor no nervo ciático. O ideal e sempre consultar um médico especialista e realizar os exames necessários. Apenas após um diagnóstico completo é que poderá ser definido um tratamento.

A dor no nervo ciático é muitas vezes confundida com uma dor nas costas comum, atrasando o seu diagnóstico e alivio da dor imediata. O nervo ciático é o mais longo do corpo humano e a sua compressão causa dor, geralmente sentida no final das costas (região da lombar), glúteos ou coxas.

Por isso, ela é muito confundida com a dor lombar e acaba não sendo tratada da maneira correta. Se você tem dúvidas entre as principais diferenças entre essas duas dores, vamos esclarecer as principais manifestações da dor causada pela compressão do nervo ciático.

Sintomas da compressão do ciático

  • A dor vem em pontadas fortes e inconstantes;
  • Sensação de choque na região;
  • Dores fortes e constantes na lombar, quadris ou pernas;
  • Redução da mobilidade e dificuldade para caminhar ou ficar em pé;
  • Dor mesmo em repouso;
  • Baixa flexibilidade;
  • Rigidez muscular;
  • Fraqueza nas pernas;
  • Formigamento na perna ou no pé;
  • Dor de alta intensidade.

A dor nas costas pode ter uma enormidade de causas, sendo as principais ligadas ao estilo de vida. A má postura, excesso de peso carregado ou ainda falta de atividade física podem causar dor constante na coluna, gerando um mal-estar naquela pessoa.  Já a dor no ciático é mais serie e deve ser tratada com a devida importância.

Por isso, é essencial consultar um médico ortopedista ou fisioterapeuta. Eles são os profissionais capacitados para fazer o diagnóstico da sua dor e indicar a melhor forma de tratamento. Diferente da dor nas costas, a dor do ciático não passa com analgésicos, por isso o seu alivio não é imediato e pleno após o consumo desse tipo de remédio.