Saiba quais são as 04 escovas progressivas proibidas pela ANVISA

Saiba quais são as 04 escovas progressivas proibidas pela ANVISA

Compartilhar

A escova progressiva é uma invenção tipicamente brasileira e que conquistou a grande maioria das mulheres. As Brasileiras sonham com fios lisos e longos por mais tempo, então a progressiva ganhou muitas adeptas. Ela não somente alisa os cabelos por vários meses (em geral 3-6 meses), como disciplina e doma os fios, evitando o temido frizz.

Muitas mulheres optam pela progressiva me nome da praticidade. Com ela basta lavar o cabelo e pronto. Ele vai secar liso, sem a necessidade de usar o secador o a chapinha. Na corrida para atender esse mercado, as marcas de cosméticos lançam todo dia milhares de progressivas, com substancias e efeitos variados.

A química que garante que os cabelos fiquem lisos e alinhados mesmo após a lavagem é bastante pesada e pode trazer uma série de efeitos nocivos para a saúdes. Desde a queda e quebra do cabelo, até intoxicação por ingestão no momento da aplicação da progressiva. Apesar de hoje a maioria das progressivas não serem mais a base de formol como no início da técnica, todas elas trabalham com químicas fortes.

Visando controlar a venda e distribuição desse tipo de produto, a ANVISA (Agencia Nacional de Vigência Sanitária) está sempre atenta a novos produtos e nos seus efeitos nocivos. A ANVISA controla a circulação desse tipo de produto por meio de suas publicações no DOU, Diário Oficial da União. No dia 6 de abril de 2017, alguns produtos da marca Dheia Hair Cosméticos foram proibidos por não serem seguros ao uso.

 Produtos proibidos

A proibição não é somente pela fabricação de novos produtos, como também engloba a venda, distribuição e até divulgação de qualquer destes produtos: Progressiva Perfeita 3D, Progressiva Perfeita 3D Platinum, Botox Platinum e shampoo Anti Resíduo. Todos eles são usados em algum momento da escova progressiva.

No site da marca há algumas informações de cada item, como detalhes sobre a composição. Também diz que são indicados a todos os tipos de cabelo e aponta benefícios como hidratação e fortalecimento dos fios. Há, ainda, fotos mostrando o antes e depois de consumidoras que usaram os produtos.

A ANVISA determinou a apreensão de todas as unidades desse produto em comercialização no brasil. Entretanto, ainda é possível encontrar estes produtos nas prateleiras das lojas em todo o pais. Por isso, a recomendação é sempre se informar sobre o produto que está sendo aplicado no seu cabelo. Peca o máximo de informações ao seu cabelereiro, que procure a sua formulação, registro ANVISA e depoimento de outras pessoas que aplicaram aquele mesmo produto.